FONE:  +55 (11) 3459-3406

Visitantes: 22522

As novidades da Pet South America 2017 não param de surgir. É que esta edição contará com o apoio e parceria de grandes instituições, como a Associação Brasileira de Hospitais Veterinários (ABHV), que fará o lançamento oficial da entidade durante a feira, no dia 16 de agosto, no São Paulo Expo. Será um momento muito especial para o segmento veterinário, que acaba de ganhar o apoio da nova associação. A ABHV foi criada em fevereiro de 2017 e tem como objetivo principal criar conceitos que servirão de referência para clínicas, hospitais e centros de diagnóstico, alcançando uma medicina veterinária de alto nível.

A tecnologia e a internet estão mudando a forma como os consumidores pensam e adquirem novos produtos. A facilidade de fazer uma compra segura sem sair de casa está atraindo cada vez mais investidores para este segmento digital. Uma pesquisa realizada pela agência Conversion sobre comportamento do consumidor digital mostrou que, dos 697 entrevistados, 93% já compraram algo pela internet. Destes, 74% já fizeram compras por celular ou tablet e 28% afirmam realizar mais de uma compra por mês pela internet. O levantamento tinha o objetivo de ser um termômetro do e-commerce brasileiro, comprovando o movimento ascendente de pessoas migrando para as plataformas online.

O Brasil é o quarto país com maior população de animais de estimação do mundo. Atualmente, os pets deixaram de ser apenas para companhia e se tornaram membros da família, com cuidados e tratamentos específicos, principalmente com a saúde. Mas, os tutores também exigem atendimento personalizado e atenção especial às suas necessidades e à do animal, seja durante uma consulta veterinária, banho no pet shop ou na compra de um produto.

Este cenário demostra a força do mercado e as vastas possibilidades de investimento. Em contrapartida, cada ano o setor ganha novas clínicas e pet shops, aumentando a necessidade de diferentes serviços, nichos e atendimentos. Por isto, lojistas, médicos veterinários e futuros empreendedores devem estar preparados para as críticas e precisam encontrar o diferencial da sua empresa para se destacar da concorrência já esgotada no mercado. Mas, estes processos não são fáceis de realizar sem a devida orientação.

Os exames feitos pelo Instituto Pasteur, de São Paulo, confirmam que a raiva humana é a causa da morte de uma dona de pet shop do Recife, ocorrida na noite de quinta-feira (29), no Hospital Universitário Oswaldo Cruz (Huoc), na área central da capital pernambucana. A informação foi repassada ao G1, nesta segunda-feira (3), pela diretora da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de Doenças Infecciosas do centro hospitalar, Ana Flávia Campos, que acompanhou o caso de Adriana Vicente da Silva, de 36 anos. (Veja vídeo acima)

Desde 2004, não havia registro de raiva canina ou felina no Recife. O último caso da doença em humanos na capital tinha sido notificado em 1998. Em Pernambuco, o registro anterior foi de um garoto, diagnosticado com a doença em 2008. Morador de Floresta, no Sertão, ele levou uma mordida de um morcego. O adolescente sobreviveu e o caso se tornou a primeira ocorrência de cura de raiva humana no Brasil.

Com a proposta de inovar o setor e agradar donos e animais de estimação pela variedade de produtos e serviços, assim nasceu a Padaria Pet - franquia especializada em petiscaria e confeitaria para cães e gatos, da Somagroup, comandada pelos irmãos e sócios Rodrigo e Ricardo Chen.

Mesmo em meio à crise que assola o País, a empresa está conseguindo manter o ritmo e, para esse ano, projeta chegar à marca de 10% de crescimento. A linha de petiscos representa cerca de 60% do faturamento, a confeitaria 20%, a linha natural 40% e a cerveja e suco para cachorro 15%. Com o modelo de franquias, a meta é abrir cerca de 10 unidades até abril de 2018.

Dentre as novidades preparadas para este ano, está a presença de instituições internacionais e o tão esperado Congresso PET A maior feira do mercado pet e veterinário na América Latina ganhou mais dois expositores de grande representatividade no mercado brasileiro, a CEVA e a GRANDPLUS. As duas companhias levarão todos os seus lançamentos, tendências e clientes à 16ª edição da Pet South America. A presença destes parceiros reforça a missão do evento: reunir todas as empresas e profissionais do segmento pet e veterinário para apresentar as tecnologias e novidades de mercado em um só lugar. E não faltam motivos para decisão de retornar à feira.

REAÇÕES DISTINTAS EM CENÁRIO DE CRISE

Assim como o ano anterior, 2017 apresenta um cenário desafiador, com níveis altos de instabilidade econômica e política. Apesar de boas perspectivas relacionadas ao controle da inflação, demais indicadores conjunturais, como o desemprego e a renda média dos brasileiros, continuam a permear a realidade e a confiança dos consumidores.

O Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV, Brasília/DF) lançou a Acreditação dos Cursos de Medicina Veterinária. A iniciativa do CFMV é o tema do XXIII Seminário Nacional de Educação da Medicina Veterinária, que segue até esta terça-feira (06/06), em Brasília (DF).

A Resolução CFMV nº 1154/2017 que cria o Sistema Nacional de Acreditação de Cursos de Graduação em Medicina Veterinária foi publicada no Diário Oficial da União de hoje (05/06). O Sistema de Acreditação foi uma construção conjunta das comissões nacional e regionais de educação da Medicina Veterinária do Sistema CFMV/CRMVs.

Em breve, o CFMV publicará o Edital de Acreditação, para que os cursos interessados se candidatem a receber a avaliação do Conselho Federal. Todas as informações sobre o processo de Acreditação estão disponíveis no site.

A Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação (Abinpet, São Paulo/SP) divulga os dados consolidados de mercado em relação ao ano de 2016. O faturamento total foi de R$ 18,9 bilhões, crescimento de 4,9% sobre o ano anterior. As projeções da entidade, até setembro de 2016, calculavam um crescimento de 5,7%, mas o setor sofreu os fortes efeitos da inflação e da crise econômica, com uma queda estimada em mais de R$ 150 milhões no faturamento.

A Euromonitor International (Londres, Inglaterra) divulgou novos dados para a indústria Pet. Segundo as estatísticas, o mercado global de pet atingirá US$ 109 bilhões em 2017 e o Brasil, encontrado, hoje, na terceira colocação mundial, ultrapassará o Reino Unido e se tornará o segundo maior mercado de pet no mundo em 2019.

Página 1 de 3

universidade

BANNER LATERAL UNIVERSIDADE

PARCEIROS DE NEGÓCIOS

JIVA

compta2

banner lateral palestras

2 BANNER VERTICAL

sua marca aqui